Saiba o que deve conter no corpo de um artigo para blog

O  corpo de um artigo para blogEsta é a 5ª aula do minicurso “Como escrever artigos para blog”. Nela, abordo o “Corpo”, ou seja, a parte central e maior para quem escreve. Ele segue as primeiras cinco linhas do primeiro parágrafo (o lead, ou cabeçalho). Nesta aula, vamos ver como ele é produzido, inclusive com a redação de um texto fictício, sobre a venda de um curso onde ensina a construir blogs.

Além de um vídeo, trago abaixo este artigo, como forma de você acompanhar passo a passo como acontece a sua composição. Ele segue com algumas incorreções e também não ainda não está formatado corretamente, em vista de que isto será visto em outras duas aulas a parte.

Primeiramente, devo esclarecer que no corpo do artigo é a parte onde o redator descreve os fatos, faz citações, argumenta (usando os gatilhos mentais), analisa e opina (prepara o leitor para a venda ou continuar a ler outros textos do seu blog, se for o caso. Por último, encaminha o leitor para a venda.

Recomendações técnicas de um artigo

Tamanho – 500 a 800 palavras
Parágrafos com no máximo 5 linhas e separados por espaçamento duplo
Cada parágrafo deve ter uma palavra chave ou sinônimo
Da passagem de um parágrafo o para outro, usar palavras que lembrem continuidade de texto.
Descreva com detalhes o que está falando, mostrar motivos, vantagens e objetivos

 

 

O que você vai ler abaixo, é um texto criado com o objetivo de você ver na prática cada detalhe do corpo do texto. Ele começa no 2º parágrafo, em vista que no primeiro é o “Lead”, ou cabeça que é a aula nº 4.

2º Parágrafo: Objetivo de ter criado curso

Criei o curso “Como montar um blog para seu negocio”, para atender uma necessidade que eu próprio vivenciei em meus negócios. A proposta é que ao adquirir este curso e criar o blog, seu negócio vai dá um salto em vendas nunca vista antes. O melhor de tudo, é que que a partir agora, praticamente você não vai mais ter despesas com publicidades, além de atrair uma clientela sempre fiel para o seu negócio.

3º Parágrafo: Apresento meu produto para o leitor

Agora vou mostrar alguns tópicos do curso, em que você vai ter acesso assim que adquiri-lo. Nele, mostro passo a passo de como você montar um blog. Não se trata de montar uma loja online, mas sim, uma plataforma que vai auxiliar no seu negócio físico. Assim, o objetivo é atrair e fidelizar clientes para a sua empresa.

No 4º parágrafo descrevo o curso

O curso está dividido em 5 módulos. No primeiro são 7 aulas onde você vai aprender noções de marketing online, a força da internet para a divulgação de produtos, como comprar um domínio, hospedagem. No segundo, traz noções de fotografia de produtos. Montar um pequeno estúdio, etc. O 3º será sobre produção de textos, 4º sobre links e criação de Fanpages. Distribuição de fotos e artigos no blog, visual, etc

5º Parágrafo : Carrego de valor o meu produto

Criar estratégias é fator decisivo nas vendasNo 5º e último Módulo, traz técnicas matadoras. São estratégias de como divulgar o blog empresarial junto a clientela. Não só trazer clientes, mas idealizá-lo, com estratégias em que a sua loja vai se transformar num centro de atração em seu bairro.

 

6º parágrafo: Mais valor. Testemunho de vida – Resultados

Para entender a importância que um blog tem na divulgação de produtos e serviços, aconselho ler com atenção a experiência que tive, que mudaram os rumos dos meus negócios, num momento em que estava pensando em fechar as portas da minha loja.

7º Tragédia. Me coloco no lugar do meu cliente (meu avatar).

Durante muitos anos trabalhei no comércio. Tinha uma lojinha para festas de aniversário. O negócio tinha um bom faturamento, mas aos poucos as vendas foram caindo em vista de que outras lojas surgiram na mesma rua da minha loja.

Dai, fiz uma pesquisa de mercado em outros bairros da cidade e constatei que existia mercado para uma loja com artigos voltados para festas de aniversário. Então, mudei minha loja para este novo endereço.

9ª Parágrafo: Prepara o leitor para se inserir no mundo online

Por ser uma loja recém inaugurada, percebi que precisava fazer uma campanha publicitária para trazer clientes ao meu negócio. Primeiro mandei confeccionar alguns panfletos e botei algumas meninas para fazer entrega em frente a loja. Foram distribuídos mais de 2 mil panfletos, mas passados dois meses, o número de venda não alcançou o número desejado. O retorno financeiro mal deu para cobrir as despesas.

10º Paragrafo- Reforço a prova contra objeções

Seguindo conselhos de alguns colegas lojistas, apostei na publicidade via propaganda em carro de locução. Comprei um pacote com 4 horas diárias nos dias de sexta e sábado à tarde durante dois finais de semana, no final de dois meses. A orientação era a de que estes dias, por final de semana e também final de mês era o mais apropriado, ou seja, o horário nobre de se anunciar neste modelo de marketing.

11º Parágrafo:  Mais argumentos contra, com  objetivo de fracassar objeções

A exemplo do que aconteceu com a divulgação em panfletos, o anúncio via locução móvel também não me deu resultado. Estava um tanto desacreditado com o sucesso do meu negócio e até pensando em mudar de seguimento de vendas. Até que, certo dia, conversando com cliente, ela me deu uma dica muito interessante. Ela me aconselhou a criar um perfil no Facebook e tentar captar clientes através das amizades. Devo dizer que neste tempo, as regras do Facebook eram mais maleáveis.

12º Provas concretas de que o marketing digital é a saída

Ao seguir o conselho desta minha cliente, observei que foi a melhor coisa que fiz. Óbvio que ela já trabalha anunciava seus negócios desta forma. Ela trabalhava com fabricação de docinhos sob encomenda para aniversariantes.
Pois bem, sempre que chegava em casa entrava no Facebook e ia tentando captar pessoas para formarem meu laço de amizade. Claro, pessoas que morassem próximas a minha loja. Tomei o cuidado de observar o dia de aniversários delas e mandava banner felicitações.

13º Parágrafo: Encaminho o leitor para a aquisição do curso

Sem monetização seu blog não sobreviveA estratégia foi interessante, mas sabia que estava descumprindo uma nova do Facebook. Até que tive a ideia de criar um blog. Lá eu pude postar meus anúncios de mercadorias, fazer sorteios, falar sobre temas de interesse dos clientes etc. Resumindo, foi a maior sacada para o meu negócio. O mais interessante é que era tudo muito amador.

 

14º Mostro a minha experiência de sucesso com o blog

A partir daí as minhas vendas aumentaram assustadoramente, a ponto de fazer ampliação e contratar mais funcionários. O que observei era que é o blog fidelizou a clientela, porque muita gente lia minhas postagens sobre determinado assunto e passei a ser uma espécie de autoridade neste seguimento comercial.

15º Parágrafo : Chamada para a venda

Além de clientes, minha loja também recebia outros lojistas querendo saber qual era o motivo de tamanho sucesso. Foi aí que resolvi criar o curso como montar um blog para anunciar lojas, produtos e serviços. Esta será a sua oportunidade você também dá uma guinada em seus negócios.

Considerações finais sobre o artigo desta aula

Bem, esta é a composição básica de um corpo de um artigo. Pode observar que além de informar, o tempo todo tento convencer o meu leitor da importância do objeto de venda. Lembrando mais uma vez, que tanto posso vender um produto, como uma ideia, ou mesmo o convite para que o leitor continue lendo outros artigos o meu blog.
Até a próxima aula, que é sobre a conclusão de um artigo.

 

Gostou? Compartilhe!

wlisses

Jornalista, professor e empreendedor digital. Adoro pesquisar e compartilhar aquilo que aprendi. Assim, tanto aprendo, como estarei sempre ajudando a outras pessoas para que consigam também realizar os seus sonhos.

Website: http://wlissesguerra.com.br